“Ó, fecha as pernas, ouve lá, levas já um cacete que te fo….”