O presidente da FIFA, Joseph Blatter, elogiou Lionel Messi e defendeu que o argentino devia ganhar a Bola de Ouro. Depois, quando falou sobre Cristiano Ronaldo fê-lo de forma depreciativa e chegou mesmo a gozar com o internacional português. «Messi é um bom rapaz. Qualquer família gostaria de o ter como filho. É bom rapaz e nada exuberante. Joga muito bem, como se estivesse a dançar», afirmou Blatter, em declarações no «Punto Pelota», isto durante uma conferência na Oxford Union Society. No que diz respeito a Cristiano Ronaldo, sem referir o seu nome: «O outro é como um comandante sobre o campo (imitando com gestos o jogador português). Um gasta mais dinheiro com o cabeleireiro do que o outro, mas não posso dizer quem é o melhor. A lista foi hoje publicada e eles devem decidir, mas gosto de ser o chefe e prefiro Messi».


O presidente da FIFA, Joseph Blatter, assumiu a sua preferência pelo argentino Lionel Messi para a vitória na próxima eleição do Bola de Ouro FIFA/France Football e ainda gozou com Cristiano Ronaldo num evento em Inglaterra. A conferência realizada na Oxford Union Society perante uma plateia de jovens ficou marcada pela ‘caricatura’ de Blatter ao craque português do Real Madrid e que foi denunciada na televisão espanhola pelo programa Punto Pelota, caricatura essa que foi precedida da sua manifestação de admiração por Messi. «Messi é um bom rapaz. Qualquer família gostaria de o ter como filho. É bom rapaz e nada exuberante. Joga muito bem, como se estivesse a dançar», elogiou Blatter, passando às críticas a Ronaldo. «O outro é como um comandante sobre o campo (imitando com gestos o jogador português). Um gasta mais dinheiro com o cabeleireiro do que o outro, mas não posso dizer quem é o melhor. A lista foi hoje publicada e eles devem decidir, mas gosto de ser o chefe e prefiro Messi», avisou. O vencedor da Bola de Ouro será conhecido em janeiro e os dois jogadores de Barcelona e Real Madrid estão sem surpresa entre os 23 nomeados para o prémio.