Episódio caricato no final da sexta etapa da Volta a Portugal. Dois ciclistas que estiveram envolvidos no sprint final, em Viseu, desentenderam-se já depois de cortarem a linha de meta e chegaram mesmo a trocar agressões, sendo separados por outros corredores.


Ciclistas à pancada na Volta a Portugal

Os protagonistas foram Vicente de Mateus, espanhol da equipa portuguesa Louletano Dunas Douradas, e um homem da Christina Watches que, tudo indica, será o dinamarquês Asbjorn Kragh. Foram, respetivamente, terceiro e quarto na etapa.

E foi esse duelo que motivou as cenas feias que se seguiram. Vicente de Mateus contou a sua versão: «Vínhamos para lançar o sprint e consegui fazer terceiro. No final, já depois de cortar a meta, em desaceleração, as nossas bicicletas acabaram por chocar. Ele não gostou e atingiu-me. Eu respondi, para me defender.» 

Mateus considera «normal» a situação, mas confirma ter sido agredido. «Foram os nervos do final da corrida», comentou, em declarações à RTP.

O espanhol espera, agora, que os comissários não apliquem um castigo, algo que se adivinha como pouco provável atendendo ao que aconteceu. «Foi fora da corrida e estas coisas acontecem. Espero não ser castigado», rematou.

O alemão Phil Bauhaus (Team Stolting) venceu a etapa.