Letra/Lyrics

Olha acabou-se
Dois mil e catorze
O que é que ele nos trouxe?
Vírus do ébola
E selfies à porta
Da prisão de Évora
O Verão foi frio
O Eusébio partiu
E o BES faliu
Na casa dos segredos andaram com o cio.
O Putin teve fome e só parou quando ficou, de barriga cheia, anexou a crimeia
Porque é que a legionella não foi passear, e chatear, lá para o norte da Coreia?
O dinheiro do salgado
Ninguém sabe onde está metido
É como o Cante alentejano
É património protegido
E dois aviões (que ninguém viu a aterrar)
E as colocações (profs. sem saber onde ficar)
E os Audizões (que nunca me vão calhar)
Por mais que eu peça,
factuuuuuuuuura

Sofremos todos
com as praxes do meco
e o António costa
Deixou o seguro
A falar pró boneco
O PS gosta
Quem for a Lisboa
vai pagar uma taxa
Mas com tantas cheias
Vai dormir num barco de borracha
O Ronaldo ganhou mais uma bola de ouro, e uma estátua, com duas bolas de bronze
E o que é que aconteceu à cara daquela actriz, que fez o diário, da bridget jonze
Lembram-se do Mundial?
Em que o SUAREZ só mordeu
O Papa diz que não faz mal
Os animais também vão pró céu
O campeanato – (foi peaners pró Jesus)
Baldes gelados – fomos todos macacús
Vistos dourados – comem-nos por parvús
O vihls fez um vídeo
prós u2uhuhuhuhuhuhu

Música Rude dos Magic