“Repare: eu, como já disse, tenho oito filhos. Os miúdos, na escola, todos os anos, no dia do pai, fazem um presente para o pai. Mais ou menos entre os 4 e os 14 anos fazem um presente. São 10 anos a fazer presentes. Ora, eu recordo que tenho oito filhos. A dez anos de presentes cada um, é fazer as contas. Eu tenho em casa 80 cinzeiros de barro, minha senhora. Nunca fumei. Eu até chorava quando via aparecer mais um cinzeiro. Há mais peças de barro em minha casa do que nas Caldas da Rainha. Mais: os meus filhos dão-se mal. Coisas lá deles. De maneiras que, em vez de fazermos um grande jantar no dia do pai, tenho de fazer 8 jantares. Eu hoje vou ter o primeiro jantar às seis e meia. Às duas da manhã ainda hei-de estar a comer.” in Mixórdia de Temáticas