«A zumba faz bom glúteo e também me desenvolve a sensualidade. Quem está na zumba, está na zumba a sério e as velhas vão para lá rir e borrifar-se nas coreografias. Eu tenho uma velha que fica sempre atrás de mim e que passa a aula a gritar ‘eu tenho 87 anos, valha-me Deus que eu tenho 87 anos’. E isto incomoda porque eu também vou à zumba para ver moças tonificadas. E a abundância de velhas que se colocam entre mim e as moças, impede-me de ver a tonificação das moças», inMixórdia de temáticas.