“Eu respeito o parentesco dos artigos no ensacamento. Por exemplo vejo gente que ensaca pão, juntamente com um produto congelado. Até porque o saco do pão tem aqueles buraquinhos e a pessoa vai chegar a casa com açorda”.